Translate

visitas

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Senado aprova criação de 249 cargos no Executivo

 

Da Agência Senado

A CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania) do Senado aprovou nesta quarta-feira (23), em caráter terminativo, a criação de 249 cargos em comissão do grupo-direção e assessoramento superior (DAS), distribuídos para o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e à Funai (Fundação Nacional do Índio).
A aprovação ocorre no mesmo dia em que a CCJ aprovou dois projetos que aumentam os salários dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) e para o procurador-geral da República.
Do total de cargos, 164 serão criados no Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e os outros 85 serão abertos na Funai. Entre os 164 cargos destinados ao ministério, 14 serão DAS-5, 63 DAS-4, 84 DAS-3 e três DAS-2. Na Funai, quatro cargos serão DAS-4, 18 DAS-3 e os demais 63 DAS-2.
O projeto é de iniciativa do presidente da República e já foi aprovado pela Câmara dos Deputados. No Senado, recebeu parecer favorável do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE).
O Executivo alega que o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome tem ampliado suas atividades nas áreas de proteção social, redução da pobreza e desigualdade e em projetos para melhoria da situação nutricional. Por esse motivo, o ministério planejou uma reestruturação organizacional, com necessidade de ampliar seus quadros.
Já a Funai, segundo o Executivo, precisa adequar sua estrutura para poder desempenhar suas funções na área indígena com maior agilidade e eficiência. O impacto orçamentário da criação de cargos na Funai, segundo o Executivo, é estimado em R$ 1,4 milhão este ano, enquanto no ministério é de R$ 10,3 milhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se tiver notícias e ou comentários sobre a roubalheiras dos politicos, mande pra mim.
Tudo sobre os corruptos que estão representando o povo Brasileiro em Brasília.

Vota aí!!!!

Vote no meu BLOG